Aprenda LIÇÕES de OURO sobre DECISÕES com as minhas férias

Férias, fim de semana, águas quentes, toboáguas, diversão…  Uma delicia…

E enquanto curtia minhas férias, no Hot Park, no meio de muita alegria e diversão aprendi 3 lições imperdíveis sobre Tomadas de Decisão que quero compartilhar com você…

1a. LIÇÃO – “Cada um por si e Deus por todos”

[images style=”3″ image=”http%3A%2F%2Fregianemartins.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2017%2F04%2Fimage02-6-1024×682.jpg” width=”1024″ align=”center” top_margin=”0″ full_width=”Y”]

A primeira lição começa logo cedo, no momento que abrem as portas do parque…

Estão todos posicionados para a largada, e assim que os portões são abertos,  cada um sai correndo o mais rápido que pode, para pegar o melhor lugar possível,  e pra isso ele pisa no pé do outro, dá uma empurradinha, olha torto pra pessoa ao lado, se irrita com aquele que está mais devagar, reclama do que está com muita pressa, e  sem pestanejar dá uma discutidinha básica por causa de cadeiras, espreguiçadeiras, boias e lugares nas filas (uma loucura).

E o tempo vai passando…, Enquanto alguns ficaram sem lugares pra sentar, outros não tem paciência de pegar a fila do cachorro quente, enquanto a hora da fome chega e os instintos primitivos começam a aflorar ainda mais… a luta pela sobrevivência agora já está á flor da pele…

As decisões aqui são rápidas e instintivas, com base no “salve-se quem puder”, meio que no automático mesmo. Causando até mesmo situações tristes se não fossem trágicas… como uma briga que presenciei por conta de uma espreguiçadeira…

-Fui eu que vi primeiro;

– Mas eu cheguei primeiro;

kkkkkk

E me fizeram relembrar os momentos que tomamos decisões com base na lição “Cada um por si e Deus por todos”;

Passada a primeira fase, de stress é hora de APROVEITAR…

 

2a. LIÇÃO – “Até a zona de conforto cansa”

[images style=”3″ image=”http%3A%2F%2Fregianemartins.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2017%2F04%2Fimage01-8-1024×576.jpg” width=”1024″ align=”center” top_margin=”0″ full_width=”Y”]

APROVEITAR aquela água quente, relaxante…

Que você se joga, relaxa, fica de molho, fica mais um pouco e depois de algum tempo… você relaxa tanto que perde a graça…

Você senta, levanta e relaxa, relaxa, até que relaxar começa a ficar meio esquisito e você cansa…

Segundo Anthony Robbins uma das necessidades básicas dos seres humanos é evoluir, temos instinto de evolução…

Sendo assim, ficarmos estacionados, parados no mesmo lugar, sem fazer nada ou fazendo sempre a mesma coisa é quase contra nossa natureza…

As decisões aqui seguem o estilo… “fica por aí mesmo que tá bom”, “em time que tá ganhando não se mexe…”

Você se mexe um pouquinho, toma um refresco, mergulha, mergulha de novo e fica ali, na MAIOR ZONA de CONFORTO que eu já vi.

Mas a segunda grande lição me mostrou que

ATÉ A ZONA DE CONFORTO CANSA…

por melhor que seja a zona de conforto, ela é confortável mas tão confortável, que uma hora até ela cansa, perde a graça e a motivação…

 

3a. LIÇÃO: “Não deixe o medo te dominar”

[images style=”3″ image=”http%3A%2F%2Fregianemartins.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2017%2F04%2Fimage00-8.jpg” width=”570″ align=”center” top_margin=”0″ full_width=”Y”]

 

E aí vem a terceira grande lição:

É hora de encarar os toboáguas:

Temos os toboáguas tranquilos, aqueles em que todo mundo vai, se diverte e… continua seu passeio.

Mas temos também os mais radicais verdadeiros desafios em forma de escorregador, como o Xpirado e o Half Pipe: para encarar esses aqui, precisa ter coragem, enfrentar o medo, estar disposto a suportar condições adversas e fortes emoções, mas depois colher os “louros da vitória” e do gostinho de dizer que foi no toboágua mais radical…

Bom, nem todo mundo está disposto a pagar esse preço e mesmo os que se dispõe a pagar nem sempre vão gostar do que vivenciaram mas no final das contas, aquele que arriscar sair da zona de conforto, terá novas experiências e, no mínimo, boas histórias para contar….

As decisões aqui são mais emocionais, mas  principalmente norteadas pelo quanto você controla os seus medos.

Se você focar apenas no medo, ele cresce e não vai te permitir agir, agora se você focar na experiência e oportunidade que isso vai te proporcionar o cenário muda completamente.

E aqui a terceira grande lição que aprendi é: “não deixe seus medos controlarem você.”

Não deixe seus medos te dominarem e te impedirem de realizar seus sonhos. Encare-os, enfrente-os, você pode se surpreender com os resultados.

Ao invés de decidir focar nos seus medos, decida olhando pra eles mas sem permitir que eles paralisem suas ações, sua evolução, a sua vida…

Eu consegui controlar parcialmente meu medo e fui em apenas 1 dos toboáguas radicais. Mas já foi uma grande evolução…

Porque aqui no parque aquático é tudo brincadeira, mas você vê alguma semelhança com a vida lá fora?

Aliás, o que você tem feito com seus desafios?

Aceito, encarado, participado e aproveitado?

Ou tem preferido ficar na zona de conforto? Que leis tem regido suas decisões?

Guardadas as devidas proporções, encontraremos aqui muita coisa pra refletir.

Mas, em qualquer das lições de ouro cabe uma GRANDE dica:

Educação, respeito ao próximo e solidariedade são DECISÕES que SEMPRE valem a pena.

DECIDA por um mundo melhor você também!!!